Prefeito Ceron assina contrato da segunda etapa do Finisa em Lages, no valor de R$ 15 milhões

Este dinheiro, do Programa da Caixa Econômica Federal, é o restante do valor total de até R$ 50 milhões que o município está autorizado, por Lei, para investimento em infraestrutura na cidade.

 Na tarde desta quinta-feira (4 de junho), o prefeito Antonio Ceron participou de uma videoconferência com gerentes representantes da Caixa Econômica Federal (CEF) na região de Lages. Na pauta do encontro, a oficialização da assinatura do contrato de recursos na ordem de R$ 15 milhões, referentes a segunda etapa do Programa de Financiamento à Infraestrutura e ao Saneamento (Finisa). Esta segunda parcela se soma ao contrato dos R$ 35 milhões assinado no mês de junho do ano passado, totalizando, assim, R$ 50 milhões do Finisa, em que o Município está autorizado pela Lei nº 4308/2018, aprovada na Câmara de Vereadores, para contratação neste programa específico de investimento em infraestrutura urbana, via Caixa Econômica Federal.

“A Caixa Econômica é uma parceira extremamente relevante para o município. O Programa Minha Rua Melhor é, com certeza, o maior programa de asfaltamento de vias da história de Lages. Com estes recursos iremos dar continuidade a esta ação que está trazendo mais infraestrutura para os bairros e área central da cidade”, salienta o prefeito Ceron.

A gerente da CEF, Márcia Queiroz Franca de Azevedo, ressalta o empenho da equipe técnica da Prefeitura no comprometimento com a realização dos trabalhos para que a assinatura desta segunda etapa do Finisa fosse concretizada. “A Prefeitura de Lages está de parabéns pelo empenho demonstrado nestes últimos dias. Passamos por todas as etapas documentais e legais para que a liberação destes R$ 15 milhões pudesse acontecer.”

O prefeito Ceron lembra, ainda, de outras ações realizadas em Lages em parceria com a CEF. “Um exemplo é o complexo Ponte Grande, considerado por muitos a maior obra de infraestrutura da história de Lages. No sistema de esgotamento sanitário, após a conclusão dos serviços, a cidade terá aproximadamente 70% de coleta e esgoto tratado, um índice bem superior a outras cidades do mesmo porte de Lages.”

Participaram também da videoconferência os secretários municipais de Planejamento e Obras, João Alberto Duarte, e de Administração e Fazenda, Antonio Cesar Arruda, além de técnicos da Secretaria de Planejamento e Obras.

https://www.lages.sc.gov.br/

Fotos: Divulgação

Ari Junior