Lages vai receber a primeira etapa do Catarinense de Motovelocidade.

Prefeitura acompanha visita técnica no kartódromo de Lages para receber a primeira etapa do Catarinense de Motovelocidade de forma inédita.As categorias da disputa serão as seguintes: Scooter até 70cc, Scooter livre, Stock até 300cc, 300cc preparação livre, Motard até 450cc e Master.

 Lages será sede da primeira etapa do Campeonato Catarinense de Motovelocidade, em 18 de abril, um feito inédito para a cidade. O Município, através do executivo de Turismo da Secretaria do Desenvolvimento Econômico e Turismo, Luís Carlos Pinheiro Filho, esteve junto ao kartódromo de Lages, vistoriado nesta quinta-feira (12 de março), pela Bio Arena Eventos, de Curitiba, produtora da prova SBK Catarinense de Motovelocidade, por Fernando Boita, acompanhados pela diretoria do kartódromo. “Já deixamos o nosso convite para os visitantes de perto e os turistas estarem no kartódromo prestigiando mais este evento do nosso calendário. Esporte é algo que muita gente aprecia e para quem gosta de motos é uma ótima opção”, pontua o prefeito Antonio Ceron.

As categorias da disputa serão as seguintes: Scooter até 70cc, Scooter livre, Stock até 300cc, 300cc preparação livre, Motard até 450cc e Master. A expectativa de espectadores é de presença superior a 1.500 pessoas. “Um evento único que irá acontecer pela primeira vez na nossa cidade, otimizando a utilização do kartódromo nesta parceria. O kartódromo apresenta todas as condições para a realização de um evento deste porte e envergadura em Lages. Por ser pioneiro, o evento deve ter um público grande, que quer experimentar esta novidade”, observa Luís Carlos Pinheiro Filho, complementando, ainda, que, “evidentemente, esta disputa anima ainda mais nosso setor turístico porque representa equipes e visitantes em circulação na cidade com geração de movimentação econômica, o fundamento para a existência do nosso turismo e acrescentando ao nosso calendário um evento tão diferente”.

Haverá exposição de motocicletas, equipamentos e acessórios, operações gastronômicas, além de cervejas artesanais e cobertura e transmissão televisiva pela TVBV, a Band SC. “A escolha de Lages para ter a primeira etapa foi uma definição salutar porque os eventos de motovelocidade que já foram produzidos na cidade foram com casa cheia. Possivelmente o público será ainda maior em um evento oficial”, opina o piloto Heridelto Jr.

Santa Catarina é um Estado carente de autódromos, porém, com vários pilotos de sucesso em eventos nacionais, com campeões e vice-campeões brasileiros, e participação em provas internacionais. Portanto, algo inovador precisava ser criado para fomentar um dos esportes que mais crescem no Estado. 

Este motivo, aliado ao crescente mercado da motovelocidade fez com que a SULMERJ/ BR-SC,  liga credenciada para homologar pistas, provas e autorizar eventos de motociclismo, decidisse realizar um campeonato nas pistas de kartódromos, com alterações nas regras, cilindrada das motos e itens de segurança. Assim, a SULMERJ- SC criou o primeiro Campeonato Catarinense de Motovelocidade, em parceria com os kartódromos, apresentando as devidas alterações nas motos para o uso e realizações de competições em pistas menores.

Desta forma, os pilotos serão todos federados à SULMERJ-BR, assegurados através de seguro feito pela liga, paralelamente ao alvará de funcionamento da competição, respeitando-se as normas de segurança e obrigações gerais, que foram testadas em eventos menores, os tracks days. Ou seja, dias de treinamento, nas pistas dos kartódromos que receberão as etapas.

O calendário do Catarinense de Motovelocidade constitui-se das respectivas datas: 18/04 - Lages, 16/05 e 12/12 em Florianópolis, 20/06 em Balneário Camboriú, e 24/10 em Caçador. Informações adicionais devem ser acessadas pelos seguintes contatos de mídia: www.sbkcatarinense.com.brwww.facebook.com/SBK-Catarinense e www.instagram.com/sbkcatarinense.

Competição

 O Campeonato será realizado em quatro pistas (cinco etapas confirmadas), sendo duas realizadas na cidade de Florianópolis de modo estratégico para não haver confronto com campeonatos maiores, como o SBK Brasil. A competição será em datas exclusivas, pois vários pilotos utilizam-se de competições menores para treinamento físico.

Serão convidados pilotos dos Estados de Santa Catarina, Rio Grande do Sul e Paraná, inclusive pilotos paranaenses, que possuem uma categoria especifica de scooters, em que também será realizada uma etapa do Campeonato JT72 de São Paulo. O regulamento foi moldado respeitando-se as normas e regras federais, na qual as motos não podem ter mais que 450 cilindradas e todos os itens de segurança serão avaliados através de uma vistoria prévia, tanto dos acessórios da moto, quanto dos equipamentos de proteção do piloto.

Texto: Daniele Mendes de Melo, com informações de Fernando Boita - Bio Arena Eventos

Fotos vistoria kartódromo: Henrique Beling

Fotos gerais: Gilmar Rose Photo Action e Carlos Wolff/Divulgação

 

 

 

 

Outras informações acesse o site: http://www.lages.sc.gov.br

Prefeitura de Lages