No Bairro Habitação, mais de mil crianças tiveram os sonhos realizados

 Fazer trabalho voluntário no Natal é aproveitar uma das épocas mais solidárias do ano para ajudar ao próximo. Estimuladas pela solidariedade, é comum ver pessoas irem atrás de ações sociais nesta época do ano. Uma dessas pessoas é dona Roseli Lair Costa. Ela, com ajuda de muitos voluntários, promove a festa de Natal das famílias do Bairro Habitação há seis anos. Neste domingo (15), no comecinho da tarde, na Associação de Moradores do bairro, ela marcou a festança com distribuição de bolo com 10 metros, refrigerante a vontade, doces e muitos brinquedos. Uma grande fila se formou e, mesmo assim, ninguém reclamava. 

 

Para entreter quem estava na fila, o Papai Noel distribuiu doces e, pacientemente, posava para as fotos com a criançada. O palhaço Queixinho também divertia a meninada. A chuva veio e ainda bem que a fila já estava mais curta, e logo todos foram abrigados no salão. Ao final, todos saíram contentes e a dona Roseli mais ainda. “Uma satisfação de ver mais um sonho realizado. Vamos descansar um pouco e depois pensar o que será feito no ano que vem”, adianta. A voluntária aproveita para agradecer às pessoas que se envolveram no evento, com carinho realizaram cada tarefa, servindo bolos e refrigerante e ainda ajudaram a arrecadar os itens, ingredientes e todas as doações. “Foram mais de mil brinquedos distribuídos, 1.700 pacotes de balas e mais de mil pessoas desfrutaram do dia comendo e bebendo. Tudo preparado por 30 voluntários”, explica Roseli que é presidente do Sopão da Associação dos Amigos da Comunidade de São Francisco de Assis. “Temos doadores anônimos que chamamos de anjos”, acrescenta ao destacar que todos ajudam e ninguém quer aparecer.   

 

Por: Cláudia Pavão / clmais.com.br

Fotos: Daniele Mendes de Melo e Nilton Wolff