Respeito às diversidades é tema da II Olimpíada Lageana de Língua Portuguesa

Os estudantes exploraram o universo de individualidades e relataram muitas das dificuldades que enfrentam no seu dia a dia, por serem diferentes, emocionando os jurados.

 Chegou o grande dia de conhecer os vencedores da segunda edição da Olimpíada Lageana de Língua Portuguesa, promovida pela Secretaria da Educação, através do Núcleo de Educação Permanente. O concurso literário que envolveu mais de quatro mil alunos da rede municipal de ensino teve seu encerramento marcado pela premiação na tarde desta quarta-feira (24 de outubro), no Teatro Marajoara.

A produção dos textos foi realizada em mais de dois meses durante as aulas de Literatura e Produção Textual no ensino fundamental, entre as turmas do 4° ao 9° ano, com faixa etária de nove a 15 anos. Cerca de 30 Escolas Municipais de Educação Básica (Emebs) participaram da Olimpíada.

Sob a temática “O respeito às diversidades – o que eu vejo em você, que não vejo em mim”, os estudantes puderam explorar este universo de individualidades e muitas das dificuldades que enfrentam no seu dia a dia, por serem diferentes, emocionando os jurados. “Percebemos como nossas crianças amadureceram no processo de leitura e escrita e se vêem como cidadãos do mundo. Este concurso já está consolidado no calendário de eventos de nossa cidade, com muitos outros a serem realizados pela frente”, comenta a secretária da Educação, Ivana Michaltchuk.

Para o prefeito Antonio Ceron, que participou da entrega das premiações, este é um tema atual, que trás profundas reflexões. “Devemos respeitar a criatura humana como ela é, e não como gostaríamos que fosse. Este é um legado a deixar para nossas crianças”, diz.

As obras deveriam obedecer a critérios de cinco categorias: memórias literárias, crônica, poema I e II e artigo de opinião. Os 210 melhores textos selecionados nas escolas participantes passaram pelo crivo de uma Comissão Avaliadora, instituída pela Secretaria da Educação. Os quinze alunos que ocuparam as três primeiras posições em cada categoria e seus professores foram premiados com medalhas e smartphones, e as respectivas escolas com troféus. Ao final também foram sorteados brindes para todos os alunos que participaram.

Uma das premiações que emocionaram o público presente na cerimônia, foi a história de Gustavo Gonçalves Branco, aluno cego da Emeb Mutirão, vítima do glaucoma aos quatro anos de idade. Ele foi o primeiro colocado na categoria Poema II, com o poema “Respeito é melhor que preconceito”.

Para o diretor de ensino, Carlos Eduardo Canani, o professor Cadu, o principal objetivo da Olimpíada é estimular a leitura e escrita que podem contribuir com o aprendizado em todas as áreas do conhecimento. “Chamou-nos a atenção enquanto organizadores a amplitude que o concurso tomou na rede municipal, com a participação de mais de quatro mil alunos, engajados nas atividades. Percebemos um aumento na qualidade produtiva dos textos e um amadurecimento dos alunos enquanto autores. Mais do que qualquer premiação, tem toda a aprendizagem que nasce na disciplina da Língua Portuguesa, mas perpassa por todas as áreas”, diz Cadu.

A Olimpíada Lageana nasceu inspirada na Olimpíada de Língua Portuguesa – Escrevendo o Futuro, que acontece em âmbito nacional a cada dois anos. A diferença é que a competição nacional tem um tema fixo, que é “O lugar onde eu vivo”. “Sentimos a necessidade de mudar o tema nesta edição, abordando assuntos que estão no cotidiano dos alunos, como o bullying e a falta de respeito”, afirma a coordenadora. de Língua Portuguesa, Vanessa Gourlart Branco.

Confira os vencedores:

Categoria Poema I (4° ano)

1° lugar – Anthony Benjamin Rosa Ruiz Portilla

Emeb São Vicente

2° lugar – Gabrielly Branco

Emeb Pedro Cândido

3° lugar – Ana Júlia Delfes

Emeb Nicanor

Categoria Poema II (5° ano)

1° lugar – Gustavo Gonçalves Branco

Emeb Mutirão                  

2° lugar – Flávia Helena Ventura

Emeb Santa Helena

3° lugar – Willian Rafael do Amaral de Jesus

Emeb Nossa Senhora da Penha

Categoria Memórias Literárias (7° ano)

1° lugar – Valéria Carvalho Cardoso

Emeb Mutirão

2° lugar – Aline de Oliveira Ferraz de Souza

Emeb Ondina Neves Bleyer

3° lugar – Laísa Francisco da Silva

Emeb Aline Giovana Schmidt

Categoria Crônica (8° ano)

1° lugar – Maria Eduarda Trento

Emeb Prof. Eduardo Pedro Amaral

2° lugar – Natan dos Santos Ribeiro

Emeb Índios

3° lugar – Júlia Beatriz Tertuliano

Emeb Aline Giovana Schmidt

Categoria Artigo de Opinião (9° ano)

1° lugar – Luísa Carbonera Antunes

Emeb Ondina Neves Bleyer

2° lugar – Morgana Renata de Barros

Emeb Nossa Senhora da Penha

3° lugar – Amanda Maçaneiro Branco

Emeb Santa Helena

Melhor relato de experiências

Professora Conceição da Silva

Emebs Antônio Joaquim Henriques e Waldo Costa

Fotos: Marcelo Pakinha

 

 

 

Outras informações acesse o site: http://www.lages.sc.gov.br

Prefeitura de Lages